visitas mediadas à exposição ‘Heitor dos Prazeres é meu nome’Foto Léo Braga

Exposição ‘Heitor dos Prazeres é meu nome’, em cartaz no CCBB RJ

CCBB Educativo começa no dia 05 de julho programação de visitas mediadas

Na quarta-feira, dia 5 de julho, começam as visitas mediadas pela equipe do CCBB Educativo Rio de Janeiro à exposição “Heitor dos Prazeres é meu nome”, que acontece em homenagem ao artista no Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro. A atividade gratuita é uma opção de entretenimento para toda a família. Um dos pioneiros da criação do samba carioca, Heitor foi músico, compositor, pintor, cenógrafo, poeta e produtor cultural. Com seu multitalento foi reconhecido em diferentes partes do mundo nas expressões artísticas que dominava. 

Ainda no início do mês, no sábado, dia 08 de julho, às 10h, o CCBB Educativo Rio recebe Julia Xavante, durante o “Encontro com Professores” do mês. Ela é formada em Educação Artística pela Uerj e especializada em artes indígenas pela Universidade Indígena Aldeia Marakanã. Em sua apresentação abordará a educação artística indígena, além de ministrar uma oficina de grafismo. A atividade reúne professores da rede pública interessados em adquirir conhecimentos para repassar às suas turmas de alunos.

Visitas Mediadas – Exposição “Heitor dos Prazeres é meu nome” – a partir de 05/07 (quarta-feira)
Segunda e Quinta: 11h e 18hQuarta e Sexta: 16hSábado: 10h e 19h 
Domingo: 
18h 

Encontro com Professores
Uma vez por mês o CCBB Educativo se reúne com educadores e professores das redes pública e particular.  No mês de julho, o tema é Educação artística indígena e a convidada é Julia Xavante, formada em Educação Artística pela Uerj e especializada em artes indígenas pela Universidade Indígena Aldeia Marakanã. Ela abordará o tema da educação artística indígena e vai ministrar uma oficina de grafismo. A conversa apresentará os formatos, suportes, cores e significados nas diversas culturas indígenas, com criação de um grafismo de cada participante. Excepcionalmente nesta edição não haverá o sorteio de ônibus para visitação dos estudantes. Os ingressos podem ser retirados no site do CCBB RJ (https://ccbb.com.br/rio-de-janeiro/ccbb-educativo/)  ou diretamente na bilheteria, uma hora antes do evento. 
Sábado, dia 08/07, às 10h
Local: Sala 26 / 4°andar

Visitas Mediadas – Exposição “Sérvulo Esmeraldo – Linha e Luz”
Retrospectiva do gravurista e escultor Sérvulo Esmeraldo, que tinha domínio de várias técnicas, passando por tecnologias aplicadas na geração de efeitos cinéticos, óticos e eletromagnéticos.

Até 3/07
Segundas, Quartas, Quintas e Sextas: 11h e 16h e 18h 
Sábados: 10h e 19h
Domingos: 10h 

A partir do dia 5/07
Segundas e Quintas: 16hQuartas e Sextas: 11h e 18hSábados: 18h
Domingos: 10h


Visitas Mediadas – Patrimônio: (Re)Descobrindo o CCBB
Visita mediada ao espaço que abriga o CCBB Rio de Janeiro, para conhecer mais sobre sua arquitetura, sua história e seu patrimônio.

Até 3/07:
Segundas e quartas: 10hQuintas e sextas: 10h e 18hSábados, domingos e Feriados: 18h

A partir de 5/07:
Segundas e quartas: 10hQuintas e sextas: 10h e 18h

Laboratório de arte
Desinventores – com a inspiração em Sérvulo Esmeraldo, explora o campo imaginário dos participantes e convida a descobrir o grande inventor que existe em cada um. A ideia é ressignificar objetos do cotidiano. A partir de peças encontradas dentro de uma caixa, o participante é convidado a desenvolver um projeto de uma máquina com funções não convencionais. A atividade visa percorrer todas as etapas de desenvolvimento de um objeto experimental, desde a sua concepção até a representação sistematizada daquilo que foi imaginado. Foi desenvolvida para públicos a partir de 6 anos de idade com a participação dos acompanhantes.
Sábados, domingos e feriados: 12h e 16h

Pequeníssimas mãos
Jardim de Alecrim, um espaço acolhedor desenvolvido para crianças de dois a três anos experimentarem o mundo de uma forma diferente, através de um circuito sensorial.
Domingos: 14h

Pequenas Mãos
Corpo concreto – Provavelmente você já participou dessa brincadeira. Nela, os pequenos e seus familiares são convidados a conhecer um pouco mais sobre a arte da escultura trabalhada por Sérvulo Esmeraldo. “Um, dois, três… estátua!” Utilizando-se de materiais diversos como: papel, acetato, tecido, arame, os participantes serão convidados e criar esculturas abstratas. Em seguida, tendo o corpo como suporte, irão “vestir” formas geométricas buscando a relação entre corpo e espaço. A atividade foi desenvolvida visando a participação dos acompanhantes. É uma oportunidade para experimentar o corpo e transformar em uma obra de arte.
Sábados e feriados: 14h

Hora do Conto
Venha conhecer essa e outras histórias na Hora do Conto do CCBB Educativo.
Sábados, Domingos e Feriados: 13h
Domingos, às 13h, com interpretação em Libras nos dias 02, 16 e 30/07

O Mutum e o Cruzeiro do Sul – Vocês sabiam que antes do nosso dinheiro ter o nome de Real ele teve vários nomes? “O Mutum e o Cruzeiro do Sul” é um conto adaptado da obra “Macunaíma”, de Mário de Andrade, que conta uma lenda indígena sobre a constelação que já deu nome à nossa moeda. Venha descobrir as histórias por trás desse e de outros segredos guardados no prédio do Centro Cultural Banco do Brasil.

De carta em carta – De carta em é uma história que conta sobre uma troca de cartas entre neto e avô, ambos viviam em uma pequena cidadezinha e não sabiam nem ler nem escrever. Por isso, contam com a ajuda de Seu Miguel, famoso “escrevedor” da cidade, e acabam descobrindo o valor das palavras.

Pigmalião e a escultura que mexe –  Pigmalião era rei da Ilha de Chipre mas também um habilidoso escultor. Certo dia, cansado de viver solitário e isolado, ele decide construir uma escultura da mulher perfeita para ser sua companheira, inspirada na própria Afrodite, deusa grega da beleza. Mas será que a perfeição realmente existe? 

Hora do Conto “Contação de história para gente grande”
Sábados, Domingos e Feriados: 17h
Acima de 12 (doze) anos

O Homem que Calculava – Dois desconhecidos se encontram numa estrada a caminho de Bagdá e dão início a uma amizade construída através dos mistérios da matemática. O Homem que Calculava é uma adaptação de alguns contos do livro de Malba Tahan. Nos meses em que o CCBB recebe a exposição Sérvulo Esmeraldo – Linha e luz, o conto celebra o fascínio do artista cearense pela ciência dos números.

O quinto sol – Uma história que se passou há muito tempo, quando um grupo de antigos, chamado astecas, não chamava a passagem do tempo de tempo, mas chamava de sol . Você acredita que antes do sol que brilha pra gente existia outros sóis? Nós estamos na época do quinto sol, o sol do equilíbrio, mas, principalmente, o sol de movimento. Venha conhecer e se aventurar conosco.

O marido da mãe d’água – Mãe d’água se enamorou por José pescador e decidiram se casar. Imagina só, a realeza do mar com um predador da terra. Ela vê seu corpo d’água se transformar em um corpo domesticado, mas a natureza sempre encontra o caminho de volta. Venha conhecer mais sobre o encontro desses dois personagens nessa história de encanto e de reflexão, junto do CCBB Educativo, no Histórias para gente grande. 

A Carteira – Todos já passamos por algum momento em que nos vimos diante de uma difícil escolha. “A carteira”, de Machado de Assis, conta a história de Honório, um homem que encontra uma carteira e vive o dilema sobre o que fazer com ela. Enquanto percorre aflito as ruas do centro do Rio de Janeiro antigo, Honório nem imagina que carrega no bolso muito mais do que o alívio financeiro. 

Iemanjá é a mãe de todas as cabeças – Você sabe como surgiu a tradição de levar presentes ao mar no dia 2 de fevereiro? “Iemanjá é a mãe de todas as cabeças” narra o início da Festa de Iemanjá, reconhecida como Patrimônio Cultural de Salvador e fala também sobre amor, maternidade e nossas heranças africanas. Venha conhecer um pouco mais sobre essa tradição popular e sobre a Orixá rainha das águas, nessa contação de história permeada por amor e ancestralidade.

Livro Vivo
A leitura compartilhada é um dos primeiros passos na formação de leitores. É voltada para as crianças e suas famílias. “Vamos ler juntos?” A atividade acontecerá em dois horários, às 11 e às 15 horas no CCBB Educativo, no primeiro andar. 
Sábados, domingos e feriados: 11h e 15h  


SERVIÇO CCBB EDUCATIVO DO RIO DE JANEIRO
TODAS AS ATIVIDADES SÃO GRATUITAS

Visitas AgendadasSegundas, Quartas, Quintas e Sextas: 10h, 14h e 18h
Sábados e Domingos: 9h30
Dúvidas, informações e agendamentos: (21) 3808-2070 agendamento.rj@programaccbbeducativo.com.br
Agende sua visita educativa! Escolas públicas e privadas, ONGs e outras instituições dedicadas à educação e à integração social podem agendar visitas educativas às exposições. Com duração de uma hora, as visitas educativas agendadas estimulam a troca, a investigação e a reflexão sobre as exposições.

Visitas Mediadas – Exposição Sérvulo – até 3/07
Segundas, Quartas, Quintas e Sextas: 11h e 16h e 18h 
Sábados: 10h e 19h
Domingos: 10h 

Visitas Mediadas – Exposição Sérvulo – a partir do dia 5/07
Segundas e Quintas: 16hQuartas e Sextas: 11h e 18hSábados: 18hDomingos: 10h 

Visitas mediadas – Exposição Heitor dos Prazeres – a partir do dia 05/07
Segundas e Quintas: 11h e 18hQuartas e Sextas: 16hSábados: 10h e 19hDomingos: 18h

Participação gratuita, com retirada de ingresso no site www.bb.com.br/cultura ou na bilheteria do CCBB uma hora antes.

Visitas Mediadas – (Re)Descobrindo o CCBB 
Segundas e Quartas: 10hQuintas e Sextas: 10h e 18h

Visitas mediadas em Libras
Um intérprete de Libras ouvinte realiza visitas mediadas em Libras nas exposições em cartaz. Com duração de uma hora, as visitas estimulam a troca, a investigação e a reflexão sobre as exposições.
Participação gratuita com retirada de ingresso no site www.bb.com.br/cultura  ou na bilheteria do CCBB uma hora antes. 
Sextas: 13h, 15h e 17h
Domingos: 13h e 16h

Visitas para pessoas com deficiências mentais e/ou intelectuais
O CCBB Educativo oferece visitas acessíveis, mediante agendamento, para grupos de pessoas com deficiências mentais e/ou intelectuais. Nesses encontros, que reúnem, no máximo, dez pessoas, o ambiente é preparado para um maior conforto do visitante. 
Dúvidas, informações e agendamentos: (21) 3808-2070 | agendamento.rj@programaccbbeducativo.com.br
Domingos: 8h

Ateliê Aberto
Atrações intercaladas que permitem o fluxo dos visitantes.  
Sábados, Domingos e feriados: das 11h às 17h (atividades de hora em hora)

Livro Vivo 
Atividade de mediação de leitura, voltada para crianças e suas famílias.
Sábados, Domingos e feriados: 11h e 15h
Local: Sala do CCBB Educativo – 1º andar

Hora do Conto
Histórias da cultura popular e da literatura universal são apresentadas por educadores, por vezes acompanhados de instrumentos musicais e bonecos. 
Sábados, Domingos e feriados: 13h
Local: Sala do CCBB Educativo – 1º andar

Hora do Conto em Libras
Contação de histórias acessível em Libras para pessoas surdas e ensurdecidas. 
Domingos: 13h nos dias 2, 16 e 30/07
Local: Sala do CCBB Educativo – 1º andar

Contação de história para gente grande– acima dos 12 anos de idade.
Sábados, Domingos e feriados: 17h
Local: Sala do CCBB Educativo – 1º andar

Laboratório de Artes 
Com duração de uma hora, o laboratório de artes é um espaço de troca, investigação e criação sobre as exposições, seus temas e conceitos. 
Sábados, domingos e feriados: 12h e 16h
Local: Sala do CCBB Educativo – 1º andar

Pequenas mãos
Atividades voltadas para visitantes de 3 a 6 anos, que estão dando seus primeiros passos na galeria. 
Sábados e feriados: 14h
Local: Sala do CCBB Educativo – 1º andar

Pequeníssimas mãos
Atividade voltada para crianças pequenas de 2 a 3 anos e suas famílias.
Domingos: 14h
Local: Sala do CCBB Educativo – 1º andar

Encontro com Professores
Tema: Educação artística indígena 
Uma vez por mês o CCBB Educativo se reúne com educadores e professores das redes pública e particular.  No mês de julho, o tema é Educação artística indígena, com Julia Xavante. Formada em Educação Artística pela UERJ e especializada em artes indígenas pela Universidade Indígena Aldeia Marakanã. Ela abordará o tema e vai ministrar uma oficina de grafismo. A conversa tratará sobre os formatos, suportes, cores e significados nas diversas culturas Indígenas com criação de um grafismo de cada participante. Excepcionalmente não haverá o sorteio de ônibus. Os ingressos podem ser retirados no site do CCBB RJ (https://ccbb.com.br/rio-de-janeiro/ccbb-educativo/)  ou diretamente na bilheteria, uma hora antes do evento. 
Sábado: 08/07, às 10h
Local: Sala 26 / 4°andar

Sobre o CCBB Educativo
O CCBB Educativo é um programa contínuo de arte-educação patrocinado pelo Banco do Brasil, que desenvolve ações educativas para aproximar o público da programação em cartaz no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB). Em 2023, o Programa é realizado pela Sapoti Projetos Culturais e oferece Visitas Mediadas, Laboratório de Artes, contação de histórias, mediação de leitura, vivências para crianças pequenas, encontro com professores e eventos em datas comemorativas. As atividades oferecidas são voltadas para todos os públicos, inteiramente gratuitas.

Sobre o CCBB RJ – O Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro 
Inaugurado em 12 de outubro de 1989, o Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro completa 34 anos em 2023 e representa o início do investimento do Banco do Brasil em cultura. O CCBB RJ está instalado em um edifício histórico, projetado pelo arquiteto do Império, Francisco Joaquim Bethencourt da Silva. Marco da revitalização do centro histórico do Rio de Janeiro, o Centro Cultural mantém uma programação plural, regular e acessível, nas áreas de artes visuais, cinema, teatro, dança, música e pensamento. 

O prédio dispõe de 3 teatros, 2 salas de cinema, cerca de 2 mil metros quadrados de espaços expositivos, auditórios, salas multiuso e biblioteca com mais de 200 mil exemplares. Os visitantes contam ainda com restaurantes, cafeterias e loja, serviços com descontos exclusivos para clientes Banco do Brasil.  

O Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro funciona de segunda a domingo, das 9h às 21h, no domingo, das 9h às 20h, e fecha às terças-feiras. Aos domingos, das 8h às 9h, o prédio e as exposições abrem em horário de atendimento exclusivo para visitação de pessoas com deficiências intelectuais e/ou mentais e seus acompanhantes, conforme determinação legal (Lei Municipal nº 6.278/2017). 

Serviço  
Local: Centro Cultural Banco do Brasil – 1º andar 
Endereço: Rua Primeiro de Março, 66 – Centro – Rio de Janeiro (RJ) 
Telefone: (21) 3808-2070 
E-mailagendamento.rj@programaccbbeducativo.com.br   
Ingresso: Entrada franca  
Classificação indicativa: Livre 
Mais informações em bb.com.br/cultura  
Siga o CCBB nas redes sociais: 
twitter.com/ccbb_rj | facebook.com/ccbb.rj | instagram.com/ccbbrj   

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Campanha de mobilização acontecerá em 25 e 26 de maio, nos sete...

Rolar para cima